top of page

Os investimentos de 2023 em transição energética, mostram um novo horizonte para Consultores em Sustentabilidade - mesmo no Brasil

Lâmpada com uma árvore dentro, e um fio com uma tomada verde
Transição Energética

O Recorde Global de Investimento em Energia Limpa em 2023 pode ser uma oportunidade para consultor em sustentabilidade


O ano de 2023 marcou um marco significativo na jornada global em direção à sustentabilidade, com o investimento em energia limpa atingindo um recorde histórico. Segundo o relatório Energy Transition Investment Trends 2024 da BloombergNEF (BNEF), os gastos totais nesse setor alcançaram a impressionante marca de 1,8 trilhões de dólares, representando um aumento de 17% em relação ao ano anterior. Esse aumento substancial reflete o compromisso renovado em direção a um futuro mais verde e resiliente, mas ainda não é o suficiente!

Além dos investimentos diretos na transição energética, que se concentram na implementação de tecnologias limpas, como projetos de energia renovável, veículos elétricos, redes elétricas e hidrogênio, há também um amplo espectro de investimentos que abrangem toda a cadeia de abastecimento de energia limpa. Isso inclui o capital de risco, o investimento privado e os mercados públicos destinados a empresas de tecnologia climática.

Os transportes eletrificados foram o principal impulsionador dos investimentos na implantação de tecnologias limpas, ultrapassando as energias renováveis ​​e representando mais de um terço do total do investimento. A China foi mais uma vez o maior mercado, embora a Europa tenha registado o crescimento mais rápido.


Crescimento e Impulsionadores do Investimento:

Diversos fatores impulsionaram esse crescimento notável no investimento em energia limpa:

  1. Aumento da demanda por energia renovável: O crescente reconhecimento das mudanças climáticas e a necessidade urgente de reduzir as emissões de carbono têm impulsionado a demanda por fontes de energia limpa, como solar e eólica.

  2. Redução dos custos das tecnologias de energia limpa: Avanços tecnológicos e economias de escala têm contribuído para uma queda significativa nos custos das tecnologias de energia limpa, tornando-as mais competitivas em comparação com os combustíveis fósseis.

  3. Políticas governamentais favoráveis: Governos em todo o mundo estão implementando políticas que incentivam o investimento em energia limpa, como subsídios, incentivos fiscais e metas de energia renovável.


Análise Setorial:

O relatório da BloombergNEF também oferece uma análise detalhada dos investimentos por setores:

  1. Eletrificação dos transportes: O investimento em veículos elétricos também registrou um crescimento notável, atingindo 634 bilhões de dólares em 2023 (36% de crescimento ao ano), impulsionado pela crescente demanda por carros elétricos e pela expansão da infraestrutura de recarga.

  2. Energia Renovável: O setor de energia limpa foi o principal beneficiário desse aumento de investimentos, com cerca de US$ 623 bilhões destinados à construção de novas usinas solares e eólicas, entre outras tecnologias.

  3. Hidrogênio Verde: Investimentos em hidrogênio verde, uma tecnologia emergente com potencial para descarbonizar setores como transporte e indústria, alcançaram 29 bilhões de dólares em 2023 (crescimento de 76%).

  4. Fornecimento de energia: Investimento na cadeia global de fornecimento de energia limpa, incluindo fábricas de equipamentos e produção de metais para baterias, atingiu um novo recorde de US$ 135 bilhões e deverá aumentar ainda mais nos próximos dois anos.

  5. Empresas de tecnologia: As empresas de tecnologia climática angariaram 84 bilhões de dólares em capitais públicos e privados em 2023, uma queda de 34% em termos anuais, num segundo ano consecutivo de contração.

  6. A emissão de títulos de dívida para financiar a transição energética: contou com um aumento de 4%, para 824 bilhões de dólares. As emissões tinham caído 10% um ano antes e a recuperação resultou da estabilização ou queda das taxas de juro.


Impacto e Desafios:

O aumento do investimento em energia limpa tem implicações profundas em várias áreas:

  • Combate às mudanças climáticas: A transição para fontes de energia limpa é essencial para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e mitigar os impactos das mudanças climáticas.

  • Criação de empregos: O setor de energia limpa representa um importante motor de crescimento econômico e criação de novos empregos.

  • Melhoria da qualidade do ar: Reduzir a dependência de combustíveis fósseis contribui para melhorar a qualidade do ar e a saúde pública.


Apesar desses avanços positivos, ainda há desafios a enfrentar. O relatório da BNEF destaca que o nível atual de investimento ainda é insuficiente para alcançar a neutralidade carbónica até meados do século. Será necessário um investimento médio de 4,8 biliões de dólares por ano entre 2024 e 2030 para alinhar-se com o cenário de Net Zero da BNEF.


Perspectivas Regionais:

A China lidera com US$ 676 bilhões em investimentos, e os EUA e a União Europeia combinados totalizam US$ 718 bilhões.

  • China: Embora a China tenha liderado o investimento global em energia limpa em 2023, sua participação total diminuiu ligeiramente em comparação com o ano anterior.

  • União Europeia, EUA e Reino Unido: Essas regiões juntas superaram a China em investimentos em energia limpa pela primeira vez.

  • Estados Unidos: O investimento nos EUA aumentou significativamente em 2023, impulsionado pela legislação pró-sustentabilidade.


Brasil:

Enquanto líderes mundiais como China e EUA assumem o protagonismo nos investimentos em transição energética, o Brasil emerge como um ator promissor nesse cenário. O país investiu US$ 34.8 bilhões em energia renovável e captura de carbono em 2023. Esse é infimo quando comparado com os principais países do mundo. Isso é especialmente preocupante considerando o grande potencial do Brasil nesse setor, devido aos seus recursos naturais abundantes e à crescente demanda por energia limpa.



10 principais economias para investimentos em transição ernergética
Gráfico de barras

Nota: A barra UE-27 também inclui os estados membros da UE mostrados anteriormente. Resto do Mundo é investimento global excluindo a UE e as economias individuais no gráfico. Uma pequena quantia das despesas estimadas para os países da UE pode ser incluído no Resto do Mundo. CCS refere-se à captura e armazenamento de carbono.


Em uma conta rápida, podemos verificar:

  • O Brasil, com o quinto maior território do mundo, investiu US$ 34,8 bilhões em transição energética em 2023.

  • Apesar do crescimento de 12% em relação a 2022, o investimento brasileiro ainda é muito inferior ao dos países líderes, como China e EUA.

  • Em termos de investimento por km², o Brasil fica ainda mais atrás, com apenas US$ 4,1 por km², enquanto a China investe US$ 125,24 por km² e os EUA investem **US$ 63,59 por km².


Desafios: Os maiores desafios que o país enfrenta desafios em relação à infraestrutura e ao ambiente regulatório.

Perspectivas: Apesar dos desafios, o Brasil possui um grande potencial para se destacar no setor de energia limpa, aproveitando seus recursos naturais abundantes.


Conclusão para quem quer atuar como consultor em sustentabilidade:

O cenário atual do Brasil apresenta um momento ímpar para profissionais que desejam se destacar como consultor em sustentabilidade. Diversos fatores convergem para criar um ambiente propício ao crescimento dessa área, abrindo um leque de oportunidades para quem busca uma carreira promissora e gratificante.


Fatores Impulsionadores: aumento da consciência ambiental; compromissos com metas climáticas; legislação e regulamentação; e transformação digital.

Oportunidades: assessoria estratégica; gestão de projetos; capacitação e treinamento; auditoria e certificação; e inovação e tecnologia.

Gaps a Serem Preenchidos: profissionais especializados; experiência prática; visão holística; e atualização constante.

Dicas para o Sucesso: buscar formação especializada; adquirir experiência prática; desenvolver uma visão holística da sustentabilidade; e se manter atualizado com as últimas tendências do mercado.


Observação

  • É importante ter em mente que o relatório "Energy Transition" da Bloomberg é um documento extenso e abrangente. Este artigo não abordar todos os aspectos do relatório, mas é coerente com as principais conclusões e tendências apresentadas. Recomendo que você consulte o relatório original da Bloomberg.

2 comentarios


As baterias dos veiculos eletricos,esta mostrando que nao sera uma alternativa ecologicamente viavel,primeiro para sua troca custo altissimo ,na china tem milhoes de carros virando lixo de litio,o hidrogenio com certeza sera a melhor soluçao ,aqui na Europa a maioria nao querem carros eletricos ....

Me gusta

Adoro seus textos!

Me gusta
bottom of page